Função - O que é? Para que serve? Como funciona ?

Neste tutorial inicial desta seção, vamos dar uma breve introdução sobre o que é uma função, para que serve e como é utilizada em JavaScript no dia-a-dia de qualquer programador.

Função: O que é?


De uma maneira bem simplificada, função nada mais é que um pedaço de código.
Geralmente ele é pequeno, conciso e, de preferência, deve fazer algo bem específico e claro.

Durante todo nosso curso de JavaScript, viemos usando funções:
function teste(){ ... }
function exibe() { ... }
function fatorial() { ... }

Outras funções que usamos: parseInt(), parseFloat(), alert(), prompt()...

Ou seja, já temos uma vaga noção do que é uma função.
Neste seção vamos aprofundar mais no estudo e entender melhor este importante conceito.

Funções: Para que servem?

Até o momento, só criamos scripts simples e pequenos.
Pois, claro, ainda estamos aprendendo JavaScript.

Porém, sistemas e programas grandes, de grandes portais, redes sociais etc, tem milhares e milhares de linhas de código JavaScript.

Imagine aí: um único arquivo .js com umas 2 mil linhas de código, o quão seria complicado de achar coisas nele, ou mesmo entender o que se passa.

E é aí que entram dois importantes conceitos:
  1. Função
  2. Módulo

A ideia por trás das funções é quebrar esse gigantesco código em blocos menores, que fazem coisas bem específicas. É a técnica do dividir e conquistar.

Tenha uma coisa em mente: grandes programas nada mais são que uma porção enorme de programas pequeninhos (funções).

Mais na frente, no nosso curso, vamos estudar também os métodos, que são funções de objetos (não se preocupe com todos esses novos termos, você vai aprendendo aos poucos com o tempo, aqui no nosso curso).

Já os módulos são um conjunto de funções específicas. Por exemplo, existe o módulo Math, que tem uma porção de funções pré-programas e prontas para serem usadas, sem precisar criar nada, só sobre Matemática.

Também vamos aprender a fazer nossos próprios módulos (ou packages).

Função: Vantagens de usar

Uma grande vantagem de encher nossos scripts de funções é a organização que isso gera e a nos dá a possibilidade de reutilizar futuramente nosso próprio código ou de outras pessoas.


E acreditem: um programador JavaScript profissional, quando vai iniciar um novo projeto, ele já tem código de boa parte do projeto.

Ou seja, quando for criar seu próprio sistema ou game de 2 mil linhas, não se preocupe, não vai precisar escrever isso do zero, certamente muitas funções você já vai ter escrito.

Outra grande vantagem das funções é que escrevemos elas apenas uma vez, mas podemos usar quantas vezes quisermos, em qualquer local do nosso código que desejarmos. Isso se chama invocar uma função, para que ela realize sua...função.

No próximo tutorial vamos botar a mão na massa e criar nossas funções, além de aprender como ela interage com o exterior (código fora dela) e como o exterior interage com as funções.

Mas, tenha em mente algo desde cedo: um bom programador usa e abusa das funções.

Vamos repetir novamente: é essencial que você faça com que suas funções sejam pequenas, simples e concisas.

Ao invés de ter uma função que faça 10 coisas, crie 10 funções diferentes, onde cada uma vai fazer algo especificamente.

Daí, quando quiser fazer as 10 coisas, invoque as 10 funções.
Isso vai deixar seu código mais organizado, fácil de manter e de fácil entendimento para outros programadores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário